sábado, 4 de janeiro de 2014

Transformação do meu Eu

“Alguns pintores transformam o sol em mancha amarela. Outros, transformam a mancha amarela em sol.”  (Pablo Picasso)


Deixar fluir a transformação dentro de nós é também um ato de humildade. Precisamos ter coragem no decorrer de nossas vidas de deixar-nos transformarmos sempre, e fazer das transformações, pegadas de nossa alma para que, não esqueçamos nunca de como podemos melhorar a cada passo.
Às vezes não nos entendemos bem, e brigamos com nosso EU, tentando descobrir e alcançar algo que nem mesmo nós sabemos o quê. Mas é aí que está nossa coragem, a de encarar que estamos em constante transformação e que é assim que aprendemos a lidar com nossos erros, nossas frustrações e nossas dúvidas. Porque de nossas transformações podemos formar algo novo, algo que vai nos direcionar para um novo EU. É preciso também ter cuidados, pois o que vem do nosso interior se reflete externamente, nada fica tão oculto, pois através de nossas ações, de nossos pensamentos e nossas atitudes  muito se revela de nós.
O deixar-se transformar dentro de nós para o mundo é uma responsabilidade, mas que se soubermos conduzir nossas constantes transformações, estaremos contribuindo não só para nossa transformação pessoal, mas servindo de experiência para os que vivem ao nosso redor. E sempre penso e gosto de frizar que, independente de qual caminho seguir, DEUS é quem nos guia na nossa intimidade, é quem nos dá coragem para transformar, e é o ÚNICO que nos impulsiona para sermos um ser humano cada vez melhor.

(Rônia Carvalho)


1 comentários:

harry Fa disse...

كل بدلة سوداء
عرف ما كنت تبحث عن هذا اللباس، وقالت أنها يجعلك أنيقة وأكثر جاذب

Postar um comentário