sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Trecho de Clarice VI

                                             


"Sobretudo um dia virá em que todo meu movimento será criação, nascimento, eu romperei todos os nãos que existem dentro de mim, provarei a mim mesma que nada há a temer, que tudo o que eu for será sempre onde haja uma mulher com meu princípio, erguerei dentro de mim o que sou um dia, a um gesto meu minhas vagas se levantarão poderosas, água pura submergindo a dúvida, a consciência, eu serei forte como a alma de um animal e quando eu falar serão palavras não pensadas e lentas, não levemente sentidas, não cheias de vontade de humanidade, não o passado corroendo o futuro! O que eu disser soará fatal e inteiro! "

(Clarice Lispector - Perto do Coração Selvagem)

5 comentários:

Amapola disse...

Bom dia.

Esse excesso de "NÃOS", NOS IMPEDEM DE VIVER, E DE CONHECERMOS NÓS MESMOS".

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Vencer Barreiras disse...

Olá Maria Auxiliadora...adorei sua visita e seu comentário foi pertinente. De vez em quando é bom parar um pouco para refletirmos sobre nossas ações do dia-a-dia, para que possamos viver a vida com mais sabor e não de qualquer jeito. Um grande abraço e venha sempre.

Anônimo disse...

Na caminhada da vida, muitas vêzes é preciso aprender a romper com os "nãos". Mas como é difícil!

Amei!

Beijos no coração.

urbanascidades disse...

Convido a ti e a teus leitores para conhecerem e participarem com suas produções literárias do Urbanasvariedades, o modo long play do Urbanascidades, blog cultural de produção coletiva. Visite urbanasvariedades.blogspot.com. e solte o verbo.
Um abraço,
Paulo Bettanin.

Vencer Barreiras disse...

Obrigada pelo convite...e agradeço também os comentários referentes ao trecho de Clarice Lispector...mexe muito com a gente!!!!

Abraços!

Postar um comentário